Genival Lacerda sofre AVC e está internado em hospital do Recife em observação

Publicado em: 26/05/2020

                               Foto: Rogério Vital/Divulgação

 

O cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, de 89 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) na madrugada desta terça-feira (26) e está internado no Hospital D’Ávila, na Zona Norte do Recife. Segundo o filho, João Lacerda, ele dormiu bem, fez exames e ficará cinco dias em observação.

Genival Lacerda estava em sua casa, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul da capital pernambucana, quando passou mal. Foi socorrido a princípio para o hospital da Unimed, mas por conta do risco de contrair Covid-19, foi transferido para o D’Ávila, ainda de acordo com o filho.

“Ele fez todos os [exames de] check up, tomografia e exames. Estava com taxas alteradas. Ele dormiu bem e vai ficar em observação nesses cinco dias para ver se o quadro não se agrava”, afirmou João Lacerda.

Natural de Campina Grande, Genival Lacerda reside no Recife há mais de 25 anos. Ele é autor de músicas como “De quem é esse jegue?” e “Severina Xique-Xique”.

 

G1

 

Faça o seu comentário

NOVO TEMPO PIZZARIA E SORVETERIA

Macau registra mais um caso confirmados da Covid-19 e agora são 45

Publicado em: 26/05/2020

De acordo com o Boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (25), mais um resultado positivo para o novo coronavírus (Covid-19) foi registrado. Desta forma, chegamos em 189 (cento e oitenta e nove) notificações. Destas, 90 (noventa) são de casos suspeitos, 54 (cinquenta e quatro) descartados e 45 (quarenta e cinco) confirmados, onde 15 (quinze) estão em tratamento e 30 (trinta), já foram recuperados.

 

Blog do Arafran Peter

 

Faça o seu comentário

Farmácia Popular

Para ministro do STJ, Witzel “mantinha o comando das ações” que teria dado suporte a supostas fraudes e irregularidades em contratos da Saúde do RJ

Publicado em: 26/05/2020

                  Foto: Gilvan de Souza/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

 

Segundo o ministro Benedito Gonçalves, do STJ, na decisão que autorizou a Operação Placebo, Wilson Witzel tinha o “comando” da estrutura que teria dado suporte a supostas fraudes e irregularidades em contratos firmados pela Secretaria da Saúde do governo do estado durante a pandemia de Covid-19.

De acordo com o magistrado, com base no conteúdo das investigações, “WW mantinha o comando das ações (auxiliado por HW), tendo seu secretário ES delegado funções a GN, criando-se a estrutura hierárquica que deu suporte aos contratos supostamente fraudulentos”.

“WW” e “HW” são, respectivamente, Wilson e Helena Witzel, a primeira-dama do estado. O ex-secretário de Saúde Edmar Santos é identificado como “ES”, enquanto “GN” é Gabriell Neves, ex-subsecretário de Saúde, preso no início do mês.

“A medida cautelar de busca e apreensão se faz necessária no caso em análise, uma vez que a diligência poderá garantir a localização e apreensão de variada documentação (física e eletrônica) em poder dos investigados”, anota Gonçalves.

O ministro do STJ afirma ainda que é necessário cumprir os mandados de busca e apreensão imediatamente, pelo fato de alguns dos investigados terem “conhecimento jurídico”. Witzel é advogado e ex-juiz federal.

 

O Antagonista

 

Faça o seu comentário

Óticas Diniz

PF apreende celulares e computadores de Witzel

Publicado em: 26/05/2020

Ao cumprir os mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Placebo, nesta terça-feira, a Polícia Federal apreendeu telefones celulares e computadores de Wilson Witzel no Palácio das Laranjeiras.

A ação teve como base duas investigações a cargo da força-tarefa da Lava Jato no Rio e do Ministério Público do estado.

Ao todo, foram 12 buscas e apreensões na operação de hoje, todas autorizadas pelo STJ.

 

O Antagonista

 

Faça o seu comentário

JP Gás - João Câmara

FOTOS: Liga Contra o Câncer entrega Unidade Covid-19 do Hospital Luiz Antônio

Publicado em: 26/05/2020

                                                Fotos: Divulgação

 

A Liga Norte Riograndense Contra o Câncer entregou no último final de semana a Unidade de Contingência Covid-19 do Hospital Dr. Luiz Antônio, antes do prazo previsto, que era dia 27.

Com 40 leitos, sendo 20 de UTI, a estrutura foi construída em prédio anexo ao Hospital, protegendo ainda mais os pacientes oncológicos sem síndrome respiratória, que continuarão nos leitos originais.

Construída em menos de 30 dias, a nova unidade recebeu os melhores equipamentos e conta com equipe especificamente treinada para o manejo de Covid-19, em um grande esforço institucional para colaborar no enfrentamento da pandemia.

Esse moderno e resolutivo equipamento de saúde foi fruto da convocação de um grupo de entes públicos, para que a Liga assumisse um papel direto na luta contra o coronavírus. Governo do Estado, Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) e Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN) solicitaram que a instituição fosse além de sua missão de tratar câncer.

 

Faça o seu comentário

Drogaria Bom Viver

RECURSOS – SAÚDE: Operação no RJ e no Palácio das Laranjeiras foi autorizada pelo STJ; preso, subsecretário diz que autoridades tinham ciência de atos

Publicado em: 26/05/2020

                                         Foto: Pilar Olivares/Reuters

 

A Polícia Federal faz nesta terça-feira (26) buscas no Palácio das Laranjeiras, residência oficial em que mora o governador Wilson Witzel (PSC), do Rio de Janeiro.

A operação, autorizada pelo ministro Benedito Gonçalves, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), mira um suposto esquema de desvios de recursos públicos destinados ao combate ao coronavírus no estado.

O inquérito no STJ foi aberto no último dia 13, com base em informações de autoridades de investigação do estado do Rio. Os mandados em cumprimento nesta quarta-feira foram solicitados pela PGR (Procuradoria-Geral da República) na semana passada.

Segundo investigadores, a PF também busca provas no Palácio da Guanabara, onde o chefe do Executivo fluminense despacha, em sua antiga casa, usada antes de se eleger, e em um escritório da mulher dele.

Ao todo, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em 11 endereços. ​

A operação, batizada de Placebo, busca provas de um possível esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e “servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde do Estado do Rio de Janeiro”, diz a Polícia Federal.

Um dos indícios contra o governador é o depoimento do ex-subsecretário da Secretaria de Saúde do Rio, Gabriell Neves, preso no início do mês pela Polícia Civil do Rio.

Ele indicou que autoridades acima dele tinham ciência dos atos que assinou na secretaria, relativos ao combate à Covid-19. Ele é suspeito de fraudar a compra de respiradores.

Segundo a PGR, os envolvidos são investigados por peculato, corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. “A previsão orçamentária do estado era gastar R$ 835 milhões com os hospitais de campanha em um período de até seis meses. A suspeita é que parte desse valor teria como destino os próprios envolvidos”, informou a procuradoria-geral.

O desvio de verbas seria feito por superfaturamento e subcontratação de empresas de fachada. O governador terá de prestar depoimento no inquérito.

 

Com Folha de São Paulo

 

Faça o seu comentário

15 MILHÕES DE ACESSOS

Witzel nega participação em esquema de desvios de recursos na Saúde e fala em ‘interferência’ de Bolsonaro

Publicado em: 26/05/2020

                             Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo

 

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC-RJ), negou qualquer tipo de envolvimento no esquema de desvios de recursos públicos destinados ao atendimento do estado de emergência de saúde pública. Na manhã desta terça-feira, dia 26, a Polícia Federal deflagrou a Operação Placebo e esteve no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador. Quinze equipes da PF participaram da ação, que tem a finalidade de apurar os indícios de desvios.

Investigações iniciadas no Rio pela Polícia Civil, pelo Ministério Público Estadual e pelo Ministério Público Federal apontam para a existência de um esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde do estado. O ex-subsecretário de Saúde Gabriell Neves foi preso em uma operação em 7 de maio.

“Não há absolutamente nenhuma participação ou autoria minha em nenhum tipo de irregularidade nas questões que envolvem as denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal. Estranha-me e indigna-me sobremaneira o fato absolutamente claro de que deputados bolsonaristas tenham anunciado em redes sociais nos últimos dias uma operação da Polícia Federal direcionada a mim, o que demonstra limpidamente que houve vazamento, com a construção de uma narrativa que jamais se confirmará. A interferência anunciada pelo presidente da república está devidamente oficializada. Estou à disposição da Justiça, meus sigilos abertos e estou tranquilo sobre o desdobramento dos fatos. Sigo em alinhamento com a Justiça para que se apure rapidamente os fatos. Não abandonarei meus princípios e muito menos o Estado do Rio de Janeiro”, afirmou o governador em nota oficial.

Witzel acompanhou as buscas o tempo todo na residência oficial. Na casa, estavam a mulher e os três filhos — que não presenciaram as buscas. Depois de cerca de três horas, três viaturas da PF e uma da MPF deixaram o local. Os agentes recolheram dezenas de papéis que estavam na sede do governo (Palácio Guanabara) e também na residência oficial. O material foi encaminhado para a sede regional da PF, na Praça Mauá, e à tarde será encaminhado para o sede da corporação, em Brasília.

Os primeiros indícios de problemas nas contratações de emergência, sem licitação, feitas pela Secretaria estadual de Saúde, no início da pandemia, surgiram na dificuldade de acesso a dados públicos. O fato ocorreu no dia 9 do mês passado. Detectado o problema, a pasta informou que um servidor teria bloqueado o acesso por erro e teria instaurado uma sindicância para apurar as responsabilidades.

 

O Globo

 

Faça o seu comentário

Atraente

PM prende suspeito e apreende drogas e dinheiro na zona Norte de Natal

Publicado em: 26/05/2020

                                             Foto: PM/ASSECOM

 

Na manhã dessa segunda-feira (25), policiais militares da Força Tática do 4° Batalhão (FT4) detiveram um homem, de 23 anos, suspeito de tráfico de drogas no Conjunto Vila Paraíso, zona norte da capital.

Por volta das 11h30, os militares realizavam patrulhamento e ao passar na Travessa Santa Karina, um homem percebeu a presença da viatura e se evadiu pulando um muro. Acompanhado pela FT4, o infrator foi detido escondido no telhado, ao lado de uma caixa d’água, e com uma chave de uma residência. Dentro do imóvel foram encontrados cerca de 689 porções de maconha, 40 porções de crack, 01 tablete de aproximadamente 01 Kg de Pasta base, saco contendo cocaína, 03 balanças de precisão pequena, 01 balança grande, 01 simulacro de pistola 24/7, além da quantia R$ 4.264,55 em espécie.

O suspeito foi conduzido à Delegacia Especializada em Narcóticos – DENARC.

 

Faça o seu comentário

15 MILHÕES DE ACESSOS

Após intervenção do Sindicato, Caixa da Maria Lacerda é reaberta

Publicado em: 26/05/2020

Após intervenção do Sindicato dos Bancários do RN a Caixa Econômica Federal reabriu a agência da Maria Lacerda, em Nova Parnamirim. Diretores do Sindicato estiveram na agência na manhã desta terça-feira, 26, mas logo em seguida o Superintendente chegou ao local com uma nova equipe dizendo que já havia sido feita uma desinfecção do local.

“O Sindicato continuará vigilante e acompanhando a situação das agências no Rio Grande do Norte. Quando o Sindicato não é informado desse tipo de problema, os bancos, muitas vezes seguem normalmente, descumprindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde quanto aos procedimentos a serem adotados quando há confirmação de casos do novo coronavírus”, destacou a nota da assessoria do sindicato.

Ainda na nota, o Sindicato dos Bancários do RN destacou que “cada vez que um banco insiste em descumprir as orientações internacionais de segurança em saúde, centenas de pessoas são expostas ao risco. As agências da Caixa vêm recebendo um número excessivo devido ao pagamento do auxílio emergencial. As aglomerações são constantes. Manter as agências abertas com os mesmos trabalhadores que mantiveram contato com o colega infectado é um crime contra a população do estado”.

 

Faça o seu comentário

RB CONTABILIDADE PÚBLICA

Auxílio: Caixa credita nesta terça (26), benefício a mais 7,6 milhões de trabalhadores

Publicado em: 26/05/2020

Caixa credita nesta terça benefício a mais 7,6 milhões de ...

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta terça-feira (26), novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Ao todo, o benefício será pago a 7,6 milhões de trabalhadores, segundo o banco.

AUXÍLIO EMERGENCIAL: CAIXA CREDITA NESTA TERÇA BENEFÍCIO A MAIS 7 ...

 

Faça o seu comentário

Escritório de Contabilidade Robson Rafael

Witzel é alvo de ação da PF sobre desvio de verbas contra a Covid

Publicado em: 26/05/2020

                                    Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

 

A Polícia Federal (PF) iniciou na manhã desta terça-feira (26) a Operação Placebo, sobre suspeitas de desvios na Saúde do RJ para ações na pandemia de coronavírus. São 12 mandados de busca e apreensão — um deles no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC).

Resumo:

Witzel e sua mulher, Helena, são alvos de mandados de busca e apreensão autorizados pelo STJ;

Governo do RJ não se pronunciou sobre a operação até as 8h30;

Outra operação da PF há duas semanas prendeu cinco pessoas, entre elas o empresário Mário Peixoto, que tem contratos de R$ 129 milhões com o governo do RJ;

Após essa operação, a Lava Jato no Rio enviou citações a Witzel para a Procuradoria-Geral da República.

Às 8h40, agentes saíram do Palácio Laranjeiras com um malote com documentos.

Equipes da PF também foram mobilizadas para a casa onde Witzel morava antes de ser eleito, no Grajaú, e no escritório de advocacia do governador, que é ex-juiz federal.

O G1 entrou em contato com o governo do estado, mas, até a última atualização desta reportagem, ainda não havia resposta.

A deputada Carla Zambelli (PSL), aliada de Jair Bolsonaro, disse nesta segunda em uma entrevista à Rádio Gaúcha que a PF “ia investigar irregularidades cometidas por governadores durante a pandemia”, mas não citou nomes.

O presidente Bolsonaro tem criticado Witzel — de quem foi aliado durante a campanha –, a quem chamou de ‘estrume’ em uma reunião ministerial em 22 de abril, por conta das medidas de isolamento para conter o coronavírus.

Perguntado sobre a operação nesta terça, Bolsonaro respondeu: “Parabéns à Polícia Federal. Fiquei sabendo agora pela mídia. Parabéns à Polícia Federal, tá ok?”

Questionado sobre se Zambelli sabia, emendou: “Pergunta para ela.”

Gabriell Neves e Iabas também são alvo

Outros alvos da ação desta terça são Gabriell Neves, ex-subsecretário de Saúde de Witzel preso na Operação Mercadores do Caos, e o Iabas (Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde), organização social (OS) contratada pelo governo do RJ para a construção de sete hospitais de campanha no estado.

Equipes foram para a casa de Gabriell, no Leblon, e nos escritórios da Iabas no Centro do Rio e em São Paulo, onde fica a sede da OS.

A assessoria do Iabas informou por volta das 8h20 que ainda não tem informações e que se posicionará depois.

O G1 também tentou contato com a defesa de Gabriell.

Aonde a PF foi

Palácio Laranjeiras: residência oficial do governador e da família;

Rua Professor Valadares, Grajaú: residência onde morava Wilson Witzel;

Rua Dezenove de Fevereiro, Botafogo: residência de Edmar Santos, ex-secretário de Saúde;

Avenida Ataulfo de Paiva, Leblon: residência de Gabriell Neves;

Rua da Assembleia, Centro: escritório do Iabas;

Rua México, Centro: sede da Secretaria Estadual de Saúde.

Atrasos e suspeitas

O governo do estado anunciou R$ 1 bilhão para o combate à Covid-19. A maior parte desse orçamento — R$ 836 milhões — foi destinada para o Iabas em contratos emergenciais, sem licitação, para hospitais de campanha.

Foram prometidas sete unidades em pleno funcionamento até o dia 30 de abril, mas nenhuma foi aberta no prazo.

Maracanã: aberto parcialmente dia 9, e uma ala foi ‘inaugurada’ na última sexta (22);

São Gonçalo: uma inauguração foi anunciada para o dia 17, mas a unidade só deve abrir nesta quarta (27);

Nova Iguaçu: deve abrir na sexta (29)

Duque de Caxias: agendado para segunda (1);

Nova Friburgo: prometido para 7 de junho;

Campos dos Goytacazes: deve abrir em 12 de junho

Casemiro de Abreu: o mais atrasado, programado para abrir dia 18 de junho.

Desse montante — e antes de ter recebido o primeiro leito dos sete hospitais contratados —, o estado já tinha adiantado R$ 256 milhões, em três levas:

Uma de R$ 60 milhões, paga em duas vezes, nos dias 13 e 15 de abril, sem especificação de onde seria o usado o dinheiro;

Uma de R$ 68 milhões, para pagar respiradores e finalização da montagem dos hospitais;

E outra parcela, no valor de R$ 128,5 milhões.

Suspeitas de irregularidades nesses contratos emergenciais tinham motivado duas operações até então.

Mercadores do Caos, da Polícia Civil do RJ e do Ministério Público do RJ, sobre respiradores;

Favorito, da PF, sobre tentativa de fraudar mais contratos.

Mercadores do Caos

Na primeira, investigada pelo estado, foram presas cinco pessoas, em duas etapas.

Gabriell Neves, subsecretário de Saúde do estado, exonerado antes da prisão;

Gustavo Borges, que sucedeu Gabriell na pasta, exonerado depois da operação;

Aurino Filho, dono da A2A, uma empresa de informática que ganhou contrato para fornecer respiradores ao estado;

Cinthya Silva Neumann, sócia da Arc Fontoura;

Maurício Fontoura, controlador da Arc Fontoura e marido de Cinthya.

Três empresas — a Arc Fontoura, a A2A e a MHS Produtos — são investigadas por suposta fraude na compra de mil respiradores. Somente 52 foram entregues, mas com especificações diferentes.

 

G1

 

Faça o seu comentário

Adriano Móveis

TRÂNSITO: Trecho da BR-101 Norte é interditado para obras no Gancho de Igapó em Natal

Publicado em: 26/05/2020

                           Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

 

O trecho da BR-101 Norte, na Zona Norte de Natal, entre a rotatória do Gancho de Igapó até a Praça das Mangueiras, será interditado no sentido de Natal para Ceará-Mirim nesta segunda-feira (25) e na quarta-feira (27). O bloqueio do trecho, que coincide com a BR-406, é total para passagem de veículos. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura no Estado do Rio Grande do Norte (Dnit), o fechamento temporário acontece por conta das obras do Complexo Viário do Gancho de Igapó. Segundo o órgão, será feito o remanejamento da rede elétrica no trecho. Mais detalhes aqui  em reportagem do G1-RN.

 

Faça o seu comentário

Rádio 89 FM - João Câmara

Covid-19: Sindicato dos Bancários anuncia fechamento temporário da Caixa Econômica da Maria Lacerda por descumprimento de orientações de segurança em saúde

Publicado em: 26/05/2020

A Caixa Econômica Federal continua descumprindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde quanto aos procedimentos a serem adotados quando há confirmação de casos do novo coronavírus. A agência da vez é a da Maria Lacerda, em Nova Parnamirim, que será fechada nesta terça-feira, 26, pelo Sindicato dos Bancários do RN.

“Cada vez que um banco insiste em descumprir as orientações internacionais de segurança em saúde, centenas de pessoas são expostas ao risco. As agências da Caixa vêm recebendo um número excessivo devido ao pagamento do auxílio emergencial. As aglomerações são constantes. Manter as agências abertas com os mesmos trabalhadores que mantiveram contato com o colega infectado é um crime contra a população do estado”, destacou o sindicato.

 

Faça o seu comentário

COMBO EÓLICA 3.0

PF no Palácio do Governo do RJ e na casa do governador

Publicado em: 26/05/2020

                                  Foto: Reprodução/TV Globo

 

A Polícia Federal faz, desde o inicio da manhã desta terça-feira, uma operação no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC), na Zona Sul do Rio. Há pelo menos cinco viaturas da PF no local.

De acordo a assessoria de imprensa da Polícia Federal, a ação é comandada pela Superintendência do Distrito Federal. Os agentes também estão em outros endereços da cidade, como Leblon e Grajaú, onde o governador morava antes de se ser eleito.

São pelo menos 15 equipes em endereços da cidade, de acordo com a TV Globo.

 

O Dia

 

Faça o seu comentário

15 MILHÕES DE ACESSOS

Prefeito de São Gonçalo faz duras críticas ao Governo do Estado e a Sesap

Publicado em: 26/05/2020

O Prefeito Paulo Emilio, o Paulinho de São Gonçalo fez duras criticas a Sesap e ao Governo do Estado no seu facebook na noite desta segunda-feira. Segue:

Assisti, indignado, São Gonçalo do Amarante ser excluído do envio dos respiradores anunciados pela SESAP no RN TV de hoje à noite. Diversas cidades vão receber. São Gonçalo, não. Tivemos há alguns dias a entrega de dois desses equipamentos, remanejados do hospital Walfredo Gurgel, que não são suficientes, nem de longe, para nossa necessidade.

Importante destacar: sendo a quarta maior cidade do RN, com mais de 100 mil habitantes, São Gonçalo do Amarante não tem qualquer ajuda financeira do Estado para a saúde do município nem há, aqui, nenhuma estrutura de saúde do Estado como tem Macaíba, Parnamirim e várias outras cidades menores.

 

Faça o seu comentário

Adriano Auto Center

Mais de 1000 profissionais de saúde infectados no RN pelo coronavírus

Publicado em: 26/05/2020

Os casos de infecção pelo novo coronavírus aumentaram entre os profissionais de Saúde no Rio Grande do Norte.

Entre os dias 16 e 23 de maio, o número de trabalhadores da área com testes positivos para o novo coronavírus saltou de 781 para 1.057 – crescimento de 35,33%. Conforme Boletim Epidemiológico nº 70 da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte (Sesap/RN), o índice de óbitos na categoria é de 4%, ou seja, até o dia 23 de maio, pelo menos 7 profissionais de saúde no Estado perderam a guerra para a doença.

O mais recente deles e que ainda não entrou nas estatísticas da Sesap/RN é o médico João Batista Medeiros Costa, de 65 anos, que atuava no Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Santa Catarina), em Natal, como clínico geral. A morte foi confirmada pela Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed/RN), da qual o médico fazia parte. Conforme nota emitida pela entidade, João Batista Medeiros Costa morreu no domingo, dia 24, após 13 internado. O teste positivo para a Covid-19 foi recebido um dia antes do óbito.

 

Faça o seu comentário

Drogaria Timoneiro

INFORME PUBLICITÁRIO: Panificadora e conveniência João Paulo II em João Câmara.

Publicado em: 26/05/2020

padaria-joao-paulo-2-foto-06.jpgpadaria-joao-paulo-2-foto-05.jpg

 

Faça o seu comentário

Panificadora & Conveniência João Paulo II

Mais uma médica morre por causa do Covid-19 no RN

Publicado em: 26/05/2020

Nesta segunda-feira, mais uma profissional de saúde faleceu por covid-19.

Além do óbito do médico João Batista Medeiros, faleceu também por causa da peste a médica Valeria Calife.

Valeria Calife era aposentada, estava internada no Hospital São Lucas.

Valéria perdeu a filha, que também era médica há poucos dias, a causa da morte da filha não foi por covid-19.

Uma coisa louca isso que estamos videndo. Fica os nossos sentimentos a todos os amigos e familiares.

Foto que os amigos de Váleria e da familia colocaram nos grupos de whattsapp no dia de ontem

 

https://www.blogdobg.com.br/mais-uma-medica-morre-por-causa-do-covid-19-no-rn/

 

 

 

 

Faça o seu comentário

ELISA MAGAZINE

Brasil é o país com mais mortes por Covid-19 pelo segundo dia consecutivo

Publicado em: 26/05/2020

Pelo segundo dia consecutivo, o Brasil superou os Estados Unidos no número de mortes causadas pelo novo coronavírus regisrtradas em um intervalo de 24 horas.

Nesta segunda-feira, foram 807 óbitos registrados em território brasileiro, e 532 no americano. No domingo, o Brasil contabilizou 653 mortes, de acordo com o Ministério da Saúde. Já os EUA, conforme o levantamento da Universidade Jonhs Hopkins, 638.

Os Estados Unidos seguem sendo o país com o maior número de casos e mortes causadas pela Covid-19. O Brasil aparece em segundo na lista de países com maior incidência da doença, com 374.898 casos, e é o sexto em número absoluto de mortes, 23.473.

 

O GLOBO

 

Faça o seu comentário

JP Gás - João Câmara

CADEIA: Justiça condena sócios da Telexfree

Publicado em: 26/05/2020

Justiça condena chefões da Telexfree a mais de 12 anos de cadeia ...

A Justiça Federal no Espírito Santo condenou Carlos Roberto Costa e Carlos Nataniel Wanzeler, representantes da Telexfree no Brasil, a 12 anos e 6 meses de prisão em regime fechado.

Sócios da Ympactus, eles administravam no Brasil o esquema de pirâmide financeira que lesou milhões de pessoas entre 2012 e 2014.

Foram condenados por operação clandestina e gestão fraudulenta de instituição financeira.

Além da prisão, deverão arcar com R$ 8,9 milhões de multa e perdimento de bens.

O americano James Mathew Merril, que participava do esquema, não foi denunciado no Brasil por estar negociando delação premiada nos Estados Unidos.

 

O ANTAGONISTA

 

Faça o seu comentário

Atraente