Comissão do impeachment tem confusão antes de abrir a sessão

Publicado em: 11/04/2016

A comissão especial da Câmara que deverá aprovar nesta segunda-feira (11) o relatório favorável à abertura do processo de impeachment já registrou confusão antes mesmo da abertura da sessão, prevista para as 10h.

Deputados do PMDB disputaram aos gritos o direito de registrar primeiro a presença na comissão. Vitor Valim (PMDB-CE) e Hildo Rocha (PMDB-MA) são suplentes na comissão, mas um dos dois deve votar já que Washington Reis (PMDB-RJ), titular, não irá comparecer por alegadas razões de saúde.

Valim, que é a favor do impeachment, afirmou ter chegado mais cedo e acusou o colega de querer furar a fila. Rocha, contra o impeachment, disse que chegou mais cedo.

Também favorável à destituição de Dilma, o deputado Carlos Marum (PMDB-MS) acusou os governistas, aos berros, de não ter moral a ponto de querer furar filas.

Folha Press

 

 

 




Faça o seu comentário