PT formaliza indicações para comissão do impeachment no Senado; Fátima Bezerra na suplência

Publicado em: 22/04/2016

Dia limite para as indicações dos integrantes da comissão do impeachment no Senado, o PT formalizou na manhã desta sexta-feira (22) os membros do partido que irão defender a presidente Dilma Rousseff no colegiado.

A sigla confirmou suas principais lideranças como titulares: Lindbergh Farias (RJ), Gleisi Hoffmann (PR) e José Pimentel (CE). A suplência ficará a cargo de Humberto Costa (PE), Fátima Bezerra (RN) e João Capiberibe (AP).

Os três petistas junto com Telmário Mota (PDT-RR), indicados pelo bloco do governo, e a senadora Vanessa Grazziotin (PcdoB-AM) são os únicos cinco integrantes da comissão, composta por 21 membros, que se declaram abertamente contrários ao impeachment.

Antes declaradamente contra Dilma, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) disse que adotaria uma posição isenta desde quarta-feira (20), quando foi confirmada sua indicação para presidir a comissão pelo líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE).

Entre os 15 demais, há senadores que não declararam voto ainda, mas a maioria é pró-impeachment.

Os nomes que vão compor a comissão ainda podem ser alterados até o fim da tarde desta sexta, quando vence o prazo para as indicações.

A comissão terá sua composição formalizada no plenário do Senado na segunda-feira (25) e deve ser instalada, com eleição do presidente e do relator do caso, no mesmo dia.

Folha Press

 

 

 




Faça o seu comentário