Câmara de São Miguel do Gostoso tem sessão tensa após demissões na Prefeitura

Publicado em: 17/05/2017

fdgtjyfhjt.jpg

A sessão da Câmara dos Vereadores desta última segunda-feira (15) em São Miguel do Gostoso não fugiu do assunto que está na boca dos gostosenses durante este último fim de semana: a lista das demissões de contratados.

Ao que sabemos no domingo (14) os últimos funcionários dos distritos receberam suas cartas de demissão, mas não há uma informação oficial do total de demitidos, comenta-se que pode ter chegado a 100. O motivo seria o enxugamento da máquina pública que estava com elevado número de contratos.

Voltando a sessão, a vereadora Micarla Catarina questionou aos seus companheiros de bancada a veracidade da informação que distritos como Morros dos Paulos e Angico de Fora teriam suas unidades escolares fechadas. De acordo com a vereadora, este assunto também ganhou as ruas dessas comunidades, porém não foi divulgada nenhuma declaração oficial da Secretaria de Educação.

Por sua vez, a presidenta da casa, Clésia Cardoso, declarou que a nucleação de algumas escolas é inevitável e que o estudo desse projeto já foi encaminhado para o Ministério Público. Além disso, ela também disse que as demissões são responsabilidade da prefeitura e que eram necessárias.

A base aliada da prefeitura culpa as demissões aos vereadores da oposição que na semana passada denunciaram a gestão por nepotismo. Em sua defesa, os vereadores declararam que a denúncia foi realizada mediante provas e que nenhum dos nomes dados por nepotismo recebeu exoneração até o momento.

 

Por: Ricardo André

 

 




Faça o seu comentário