ABC atrasa Ato Trabalhista e credores pedem bloqueio da Timemania e leilão do Frasqueirão

Publicado em: 12/10/2017

Por Marcos Lopes

 

O ABC não está cumprindo com o pagamento do Ato Trabalhista, assinado ainda por Rogério Marinho na gestão anterior, e que englobou parte das ações trabalhistas do clube.

Com Quatro meses sem depositar as parcelas no valor de 70 mil reais cada, credores protocolaram hoje (11) no TRT do Rio Grande do Norte, pedido de alienação do estádio Frasqueirão, que foi dado como garantia quando da assinatura do Ato, quando o ABC se comprometeu a pagar mensalmente 70 mil reais para que fossem liquidados todas ações trabalhistas que tramitam contra o clube, sendo que o processo piloto foi o de Leandro dos Santos de Jesus, o Makelelê.

No levantamento realizado por credores e que o blog teve acesso com exclusividade, não foram encontrados os comprovantes de depósitos judiciais referentes aos meses de junho, julho, agosto e setembro, atestando a inadimplência do ABC com o Ato Trabalhista, o que gera o bloqueio das parcelas que o clube tem a receber da Caixa Federal referente a Timemania.

Além do bloqueio das receitas da Timemania, foi pedida a atualização das dívidas e o leilão do Frasqueirão.

ATUALIZADO ÀS 18H38: Fred Menezes que assumiu a área administrativa e financeira do ABC, disse ao apresentador Santos Neto, do Globo Esportivo 2ª Edição que reconhecia o atraso no pagamento do Ato Trabalhista, mas que ainda não sabia precisar quantas parcelas, já que assumiu recentemente e ainda está fazendo um levantamento da situação.

 




Faça o seu comentário