Sargento que matou esposa tem prisão decretada e vai para o Creed

Publicado em: 27/05/2019

Nargel Nunes teve a prisão em flagrante convertida em preventiva durante plantão judiciário no Fórum de Olinda na tarde deste domingo

Nargel atirou na esposa quando ela estava na academia. Crime aconteceu no Janga. Foto: Reprodução/FacebookNargel atirou na esposa quando ela estava na academia. Crime aconteceu no Janga. Foto: Reprodução/Facebook

 

A Justiça converteu em prisão preventiva o flagrante do sargento da Polícia Militar de Pernambuco Nargel Nunes do Carmo, 46 anos. Ele foi preso na noite do sábado (25) pelo assassinato da esposa Cleodenice Maria da Silva, 42. O crime aconteceu numa academia de musculação no bairro do Janga, em Paulista, e a vítima ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Em audiência de custódia realizada no Fórum de Olinda na tarde deste domingo (26), o juiz José Saraiva determinou que o PM fosse encaminhado para o Centro de Reeducação da Polícia Militar (Creed), em Abreu e Lima.

Leia também:

Policial militar preso em flagrante após assassinar a esposa a tiros

Nargel foi conduzido ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por volta das 18h do sábado, onde foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio. O policial militar será encaminhado para audiência de custódia nesta segunda-feira (27). O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Recife. Cleo deixou dois filhos, uma adolescente de 13 anos e um rapaz de 22.

Confira nota do TJPE sobre o resultado da audiência de custódia:

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) informa que, em audiência de custódia realizada na tarde deste domingo (26/5), durante Plantão Judiciário, no Fórum da Comarca de Olinda, Nargel Nunes do Carmo teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. Após decisão do juiz José Saraiva, o acusado foi encaminhado ao Centro de Reeducação da Polícia Militar (Creed – PMPE), localizado na cidade de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

 




Faça o seu comentário