Com golaço do assuense Gabriel Veron, Brasil vence Angola pelo Sub-17

Publicado em: 04/11/2019

                  Assuense Gabriel Veron é destaque da Seleção Brasileira

 

A Seleção Brasileira Sub-17 entrou em campo, na noite desta sexta-feira (1), querendo garantir o primeiro lugar do Grupo A da Copa do Mundo. Missão dada e cumprida com perfeição. No Estádio Olímpico de Goiânia, o Brasil venceu a Angola por 2 a 0, pela terceira e última rodada da fase de grupos, e manteve os 100% de aproveitamento na competição. Talles Magno e Gabriel Veron marcaram os gols do triunfo da Canarinho.

O duelo decisivo da Seleção Brasileira Sub-17 pelas oitavas de final será na próxima quarta-feira (6), contra o terceiro colocado do Grupo C, D ou E. Além das três vitórias, o Brasil encerra a primeira fase com nove gols feitos e apenas um sofrido.

O jogo

A Seleção Brasileira teve dificuldades para furar a defesa adversária no início da partida e viu a Angola criar as primeiras chances. A melhor delas saiu, aos 12 minutos, com David, mas Matheus Donelli salvou a Canarinho. Na base do talento, o Brasil começou a encontrar os espaços no ataque. Foi assim que Diego Rosa sofreu uma falta perto da área para Kaio Jorge cobrar rente à meta angolana, aos 25. Quatro minutos depois, Veron recebeu ótimo lançamento de João Peglow e escorou para a chegada de Diego Rosa, que soltou o pé para grande defesa de Cambila. No rebote, o camisa 17 teve nova oportunidade e mais um vez parou no goleiro angolano.

Dominando as ações ofensivas, a Seleção Brasileira pressionou nos últimos minutos em busca do primeiro gol. Na marca dos 41, Talles Magno apareceu dentro da área e tocou para Veron, o camisa 7 pegou de primeira levando perigo à defesa adversária. Já nos acréscimos, Gustavo Garcia cobrou falta e Henri cabeceou tirando tinta da trave.

A Angola só chegou com perigo de novo aos nove minutos da etapa complementar. Após rápido contra-ataque, Zito invadiu a área brasileira e bateu para fora. Sem se intimidar, a Canarinho foi para cima até que, aos 22, a torcida pôde, enfim, fazer a festa no Estádio Olímpico. Gabriel Veron cobrou escanteio, Henri testou firme e Talles Magno deu um toquinho sutil para abrir o placar: 1 a 0. Não demorou muito e a rede voltou a balançar para o Brasil. Aos 31, Veron fez linda jogada pelo meio, limpou a marcação e finalizou na saída do goleiro: 2 a 0. Com show de "olas" nas arquibancadas e gritos de "olé" , a Seleção Brasileira controlou o jogo até o apito final.

BRASIL: Matheus Donelli; Gustavo Garcia, Henri, Luan Patrick, Patryck (Gabriel Noga); Diego Rosa, Daniel Cabral (Sandry), João Peglow (Lázaro); Gabriel Veron, Talles Magno, Kaio Jorge. Técnico: Guilherme Dalla Déa

 

Fonte: CBF

 

 




Faça o seu comentário