Artigo: ELEIÇÕES 2020 x PALANQUE VIRTUAL

Publicado em: 02/08/2020

Blog de Assis

Já estamos em agosto de 2020. Começa pra valer o período eleitoral, que desencadeará nas eleições municipais do dia 15 de novembro. Se compararmos com eleições municipais passadas, esta será diferente em todos os aspectos. Todos sabem que o período de campanha para a escolha de prefeitos, vice prefeitos e vereadores é sempre uma festa, principalmente nas cidades do interior.

É aquele período que todos tomam partido, as paixões afloram e todos se envolvem direta ou indiretamente no pleito. As passeatas e comícios dão o tom da campanha, e mostram a temperatura do termômetro eleitoral. Até alguns anos atrás, as passeatas e comícios eram animadas por carros de som e trios elétricos. Normalmente eram encerradas com shows e a participação de grandes artistas e atrações nacionais. Depois das proibições dos showmícios as coisas começaram à mudar. As passeatas passaram a ser animadas por paredões de som e o brilho das campanhas não é mais o mesmo.

Com a chegada da internet o palanque eleitoral passou a ser virtual e leva vantagem a coligação que melhor souber utilizar este instrumento para divulgar suas candidaturas. Agora em 2020, com o aparecimento da Pandemia do Coronavírus tudo mudou. Não teremos passeatas e comícios. Toda propaganda eleitoral será feita através do rádio, TV e redes sociais.

Os candidatos terão pela frente o enorme desafio de enfrentar uma verdadeira guerra virtual, levando nítida vantagem aqueles que tiverem boas equipes, treinadas para fazer a imagem dos seus candidatos. Com grande parte da população em isolamento social por causa da pandemia, os candidatos terão enormes dificuldades de fazerem visitas domiciliares, caminhadas e o velho corpo à corpo.

Diante de tudo que foi exposto, teremos um período eleitoral totalmente atípico, onde as coligações partidárias mais organizadas e com maior militância virtual terão mais chances de lograr êxito. Vamos aguardar os resultados?

(Gilvan Rodrigues Leite, é Gestor Público Aposentado).

 

 

 




Faça o seu comentário