Melão potiguar começa a ser exportado para a China

Publicado em: 18/09/2020

                                       Foto: Arquivo Bollo Brasil

 

Após acordo bilateral resultante de longa negociação, o Brasil enviou a primeira carga de melões para a China. A remessa de três toneladas e meia de frutas produzidas na região de Mossoró chegou ao aeroporto de Xangai nesta sexta-feira (18).

O acordo para exportar melão brasileiro foi firmado em novembro de 2019, em reunião bilateral entre Jair Bolsonaro e o presidente chinês Xi Jinping na XI Cúpula do BRICS, ocorrida em Brasília.

A autorização para que empresa potiguar pudesse exportar para o país asiático foi realizada em janeiro deste ano, após visita de técnicos da da Administração Geral de Aduana da a fazendas no Rio Grande do Norte e Ceará, maiores estados produtores de melão.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Guilherme Coelho, é importante ressaltar o potencial desse acordo para a abertura de vagas de trabalho. “O melão é uma das frutas que mais gera emprego, ao exportarmos para China crescerá ainda mais este número”, disse.

A ministra da agricultura, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, destacou a importância do sucesso da negociação, tendo em vista que que a China é a maior produtora e consumidora de melões. “É um marco importante para o Brasil. É a primeira fruta fresca importada pela China e o primeiro país do mundo a exportar melão para China”, afirmou.

 

Portal Grande Ponto

 

 

 

 




Faça o seu comentário