Atriz Klara Castanho revela que foi estuprada, engravidou e entregou bebê para adoção

Publicado em: 26/06/2022

                                   Foto: Reprodução/Instagram

 

A atriz Klara Castanho, de 21 anos, publicou um relato em suas redes sociais e revelou que foi estuprada, engravidou e decidiu entregar o bebê diretamente para adoção.

A publicação foi feita na noite deste sábado (25), após o assunto se tornar um dos mais comentados nas redes sociais. “Não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e um trauma que sofri”, afirma ela. “Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo.”

Klara escreveu uma carta aberta em que conta sobre a violência sofrida e suas consequências. Ela diz ter sido abordada por uma enfermeira momentos após o parto, que ameaçou divulgar sua história. Logo em seguida, a atriz recebeu mensagens de um colunista. “Minha história se tornar pública não foi um desejo meu.”

“Fui estuprada. Relembrar esse episódio traz uma sensação de morte, porque algo morreu em mim. Não estava na minha cidade, não estava perto da minha família nem dos meus amigos”, diz a atriz.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto

Com informações do g1

 

 

Faça o seu comentário

DRONE DO MONTORIL

ESCÂNDALO DO MEC: Comprovantes mostram depósitos na conta de parentes de pastores

Publicado em: 26/06/2022

                                             Imagem: divulgação

 

O empresário José Edvaldo Brito enviou à Controladoria-Geral da União (CGU) comprovantes de depósitos realizados nas contas de parentes dos pastores suspeitos de desviar recursos da educação.

Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, Wesley Costa de Jesus, genro do pastor Gilmar Santos, recebeu R$ 17 mil em negociação de evento com a presença do então ministro da educação Milton Ribeiro, no interior de São Paulo.

A TV Globo teve acesso ao comprovante de pagamento que data do dia 05 de agosto de 2021. O depositante é a Sime Prag do Brasil LTDA ME (uma empresa de dedetização).

Gilmar dos Santos é um dos pastores que foram alvo da operação da PF nesta quarta (22). O outro é Arilton Moura. Os dois são investigados por suposto envolvimento em um esquema para liberação de verbas do Ministério da Educação (MEC).

Segundo o Brito, o depósito foi feito pelo empresário Danilo Felipe Franco. No mesmo dia, Danilo fez, em seu próprio nome, outros dois pagamentos: R$ 20 mil para Luciano de Freitas Musse, ex-assessor do MEC; e R$ 30 mil para Helder Diego da Silva Bartolomeu, genro do outro pastor, Arilton Moura. Brito disse à CGU que pediu a Danilo para fazer os depósitos.

O parecer do Ministério Público que serviu de base da operação contra os pastores e o ex-ministro menciona um relatório da CGU e cita que “Danilo Felipe Franco realizou três transferências bancárias a pessoas ligadas ao pastor Arilton Moura, totalizando R$ 67 mil. Os três depósitos, para Wesley, Musse e Helder, somam R$ 67 mil”. Segundo as investigações, o dinheiro fazia parte das tratativas.

O evento do ministro Milton Ribeiro com prefeitos da região de Nova Odessa, aconteceu em 21 de agosto, 16 dias depois dos pagamentos. O evento foi organizado pelos pastores que estão sob investigação.

Segundo as investigações da Polícia Federal, o pastor Arilton Moura pediu R$ 100 mil ao empresário José Edvaldo Brito, em troca da realização do evento em Odessa.

O empresário disse que fez os depósitos a pedido do pastor Arilton Moura. Segundo ele, os recursos seriam para ações filantrópicas.

Com autorização da justiça, a Polícia Federal interceptou uma conversa entre o pastor e uma advogada nesta quarta-feira(22).

No diálogo, o pastor demonstra preocupação com a esposa e pede à advogada que a tranquilize.

“Eu preciso que você ligue para a minha esposa, acalme minha esposa. Porque se der qualquer problema com a minha menininha, eu vou destruir todo mundo”, afirmou o pastor.

Em resposta, a advogada disse: “Fica tranquilo. Entra em oração para se acalmar e a gente cuida das coisas por aqui”.

Não fica claro a quem Arilton estava se referindo quando falou em “menininha”.

 

g1

 

Faça o seu comentário

CARTEIRA DE ESTUDANTE 2022

Vereador Betinho reforça a pré-campanha de Jorge do Rosário

Publicado em: 26/06/2022

Pode ser uma imagem de 2 pessoas

O vereador Carlos Alberto Fernandes de Maria (Betinho), está no seu sexto mandato em São Vicente-RN e possui uma extensa folha de serviços prestados ao município.

Betinho é outro reforço importante que chega para a pré-campanha a deputado estadual de Jorge do Rosário (Avante).

Betinho concorda com Jorge sobre a maior necessidade do povo do RN neste momento que é emprego. "Gerar empregos, bandeira principal de Jorge do Rosário, me motiva a seguir com ele nesta caminhada. Pode contar comigo Jorge", disse Betinho.

"Me sinto honrado em receber o apoio de Betinho. É bom demais saber que estamos bem representado nesta terra querida que é São Vicente", agradeceu Jorge.

Plano de Interiorização do Desenvolvimento (PID)

Em entrevista concedida ao jornalista Francisco Márcio, da Rádio Líder FM de São Vicente, Jorge falou sobre o seu Plano de Interiorização do Desenvolvimento (PID), "Por mais de 70 anos os governos do RN deram pouca  atenção ao interior, precisamos virar essa página e criar políticas públicas que tragam investimentos para gerar emprego e renda para todo o estado", explicou Jorge do Rosário.

 

Faça o seu comentário

SKY

Grávidas são transferidas de maternidade em Parnamirim por falta de anestesistas para partos

Publicado em: 26/06/2022

Grávidas que precisam de cesariana e pacientes que necessitam de cirurgias ginecológicas não estão conseguindo realizar os procedimentos na Maternidade Divino Amor, que fica no município de Parnamirim, na Grande  Natal. Isso porque a unidade de saúde municipal está sem anestesiologistas.

De acordo com a secretaria municipal de Saúde, o contrato com a cooperativa médica que disponibiliza os profissionais para completar as escalas venceu no último dia 13 de junho. Dessa forma, há a necessidade de concluir um novo processo licitatório.

Em nota, a pasta informou que “o novo processo licitatório já se encontra em fase final para posterior assinatura de contrato com a empresa vencedora do certame” e que “com isso, os procedimentos na Maternidade do Divino Amor que dependam do ato anestésico, como as cesarianas, estão sendo encaminhados para maternidades próximas, garantindo a assistência às nossas gestantes”.

 

G1

 

Faça o seu comentário

ELISA MAGAZINE

RN tem R$ 93 milhões em obras paradas

Publicado em: 26/06/2022

O Rio Grande do Norte tem hoje 75 obras públicas paradas que totalizam R$ 93,71 milhões nos contratos. Os campeões de paralisação no Estado são as que envolvem estradas, rodovias e vias urbanas. O levantamento é do Painel de Obras do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE-RN), com dados coletados do Sistema Integrado de Auditoria de Obras e Serviços de Engenharia (SIAI Obras). O sistema do Tribunal de Contas aponta 25 serviços relativos a estradas, que incluem pavimentação das ruas e também a construção de uma passagem molhada — obra para resolver o problema de escoamento de água da chuva.

A obra mais cara — um serviço de complementação no sistema de esgotamento sanitário da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) — está localizada em Assú. Com recursos federais, o valor de investimento é de R$ 19.601,148,37. Segundo a Caern, cerca de 85% dos serviços foram executados e atualmente ele aguarda a conclusão de uma readequação contratual. A previsão de conclusão é de 3 meses após a ordem de reinício.

Em Natal, das cinco obras paralisadas, duas possuem o mesmo contrato e são os maiores recursos paralisados na capital: estão avaliadas em R$ 6.192,793,81 juntas. Também da Caern, o contrato é para construção de obras de esgotamento sanitário nas estações elevatórias de esgoto, feita sob recursos estaduais. Uma das construções está localizada em Felipe Camarão, bairro da zona Oeste, e a outra nas Quintas, zona Norte de Natal.

 

Tribuna do Norte

 

Faça o seu comentário

Ponta Brasil Beach Resort

Caio Andrade nega recomendação do governo para mudar política de preços, diz Petrobras

Publicado em: 26/06/2022

Em ata da reunião do Comitê de Elegibilidade (Celeg) divulgada pela  Petrobras, o indicado à presidência da estatal Caio Paes de Andrade negou ter recebido qualquer “orientação específica ou geral” do governo federal para mudar a política de preço dos combustíveis.

A declaração foi dada por escrito, após Andrade ter sido convidado para uma entrevista presencial com o Celeg e ter declinado do encontro. No entanto, ele aceitou responder perguntas enviadas pelo grupo.

Apesar do comunicado do executivo à companhia, na última quarta-feira (22) o presidente Jair Bolsonaro afirmou que, se eleito, Caio Paes de Andrade iria mudar os diretores da Petrobras para dar uma “nova dinâmica” à empresa e alterar a política de paridade de preços de importação “se for o caso”.

 

CNN Brasil

 

Faça o seu comentário

Óticas Diniz

No 1º ano da pandemia, RN teve o menor número de mulheres assalariadas da última década

Publicado em: 26/06/2022

                                                 Reprodução

 

Em 2020, primeiro ano da pandemia, as empresas e organizações do Rio Grande do Norte tinham 229.898 mulheres ocupadas, a menor quantidade registrada nos últimos 10 anos.

Os dados são da pesquisa Estatísticas do Cadastro Central de Empresas – 2020 (Cempre 2020), e foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Comparado a 2019, a queda foi de 4%, o que significa uma redução de cerca de 10 mil mulheres ocupadas. Em relação aos homens, o número de assalariados foi de 298 mil, ocorrendo uma redução de pouco mais de mil trabalhadores quando comparado aos números de 2019.

 

G1

 

Faça o seu comentário

GD CONTABILIDADE

Média ponderada das pesquisas aponta Lula na frente com 7,7%

Publicado em: 26/06/2022

A média ponderada das intenções de votos para presidente, nos estados, com base nas mais recentes pesquisas registradas no Tribunal Superior Eleitoral e divulgadas até sexta (24), confirma o favoritismo de Lula (PT), com 40,9%, contra 33,2% de Jair Bolsonaro, segundo levantamento da Potencial Inteligência em parceria com o Diário do Poder. e divulgado em primeira mão na Coluna Cláudio Humberto, também reproduzida em dezenas de jornais.

Lula tem vantagem de 7,7 pontos percentuais, bem menor que algumas pesquisas recentes, como Datafolha, mas o petista lidera em 17 Estados, Bolsonaro em 8. Nos últimos dias, não houve pesquisa para presidente em dois Estados: Amapá e Rondônia.

A análise do estatístico Zeca Martins, diretor da Potencial, contempla 25 pesquisas, com mais de 37 mil entrevistas em 1.000 municípios.

 

Diário do Poder

 

Faça o seu comentário

Rádio 89 FM - João Câmara

Puxado pela alta do diesel, frete sobe 8,24% em 30 dias no RN

Publicado em: 26/06/2022

                                                 Reprodução

 

O anúncio de reajuste no preço do diesel anunciado pela Petrobras na última semana tem causado preocupação em entidades e dirigentes do setor de serviços e produtos, que têm que reajustar também o frete para compensar os gastos com combustível. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fretebras — uma plataforma de transporte rodoviário de cargas —, o preço do diesel no Rio Grande do Norte teve um aumento de 4,55% entre abril e maio, enquanto o valor médio dos fretes subiu 8,24%. Já entre maio de 2021 e maio de 2022, o diesel teve aumento de 47,51%, mas o preço dos fretes teve queda de 12,56%. Para a plataforma, o preço do frete rodoviário ainda não acompanha o crescimento nos preços do diesel.

O preço do litro do diesel vendido às distribuidoras teve um reajsute de 14,26%. Passou de R$ 4,91 para R$ 5,61, em anúncio feito na sexta-feira (17) nas refinarias da Petrobras. Por isso, trouxe reflexo nos fretes. No Brasil, entre abril e maio de 2022, o aumento do preço do frete foi de apenas 0,98%, enquanto o preço do diesel subiu 3,67%. Os dados da Fretebras mostram ainda que o valor médio do frete por quilômetro por eixo no país foi de R$ 1,02, em maio. No Nordeste, o frete custava R$ 0,99.

 

Tribuna do Norte

 

Faça o seu comentário

R CRUZ - ASSESSORIA CONTÁBIL

OMS: Varíola dos macacos não constitui emergência de saúde mundial

Publicado em: 25/06/2022

                                Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

 

A Organização Mundial de Saúde anunciou, neste sábado (25/6), que o atual surto de varíola dos macacos não constitui uma emergência de saúde pública mundial, categoria na qual está classificada a pandemia de Covid-19. Até aqui, ao menos 3.040 casos da doença infecciosa foram notificados em 47 países.

Entre os argumentos para não elevar o nível de atenção em relação à varíola dos macacos, os especialistas citaram a possibilidade de a classificação gerar estigmas e violações de direitos humanos contra homens que fazem sexo com homens, uma vez que a maioria dos pacientes registrados neste novo surto pertence ao grupo.

O painel de especialistas que aconselha a OMS sugere que a situação seja reavaliada se o número de casos seguir aumentando, se forem registrados infectados entre profissionais do sexo e se a gravidade dos casos notificados crescer.

Casos no Brasil

A cepa que está em circulação em países fora da África é considerada mais transmissível, mas menos letal. Até o momento, no atual surto, foram registrados mais de 2 mil casos em 42 países, e nenhuma morte. O Brasil já confirmou nove pacientes infectados pelo vírus.

A OMS acredita que as primeiras pessoas que tiveram contato com o vírus fora da África estavam em festas de música eletrônica na Europa. A doença é transmitida por contato próximo com os fluidos das feridas dos pacientes, assim como pela respiração, mas o contágio é bem mais difícil do que o da Covid-19, por exemplo.

A maioria dos pacientes infectados são identificados como homens que fazem sexo com homens, levantando dúvidas se o vírus também seria transmitido por contato sexual. Nas últimas semanas, pesquisadores do o Instituto Spallanzani encontraram DNA do vírus da varíola dos macacos no sêmen de pacientes infectados, mas ainda não há confirmação sobre essa maneira de contaminação.

Sintomas da infecção

O período de incubação do vírus que provoca a doença varia de sete a 21 dias. Os sintomas costumam aparecer 10 ou 14 dias após o momento da infecção. Os primeiros sinais são febre, mal-estar e dor. Cerca de três dias depois, os pacientes passam a apresentar bolhas pelo corpo – parecidas com as da catapora. A doença termina em um período entre três e quatro semanas.

 

Metrópoles

 

Faça o seu comentário

Drogaria Bom Viver

ABC empata sem gols no Frasqueirão e perde chance de assumir a liderança da Série C

Publicado em: 25/06/2022

                     Foto: Mikael Machado @mikaellphoto/ADC

 

O ABC recebeu o Confiança-SE na tarde deste sábado (25), no Frasqueirão, em partida que terminou empatada em 0 a 0.

O resultado da partida que abriu a 12ª rodada da Série C impediu que o Mais Querido chegasse à liderança da competição, permanecendo em 2º lugar na tabela de classificação.

Na próxima rodada, o Alvinegro viaja até Goiânia para encarar a Aparecidense, na segunda-feira, dia 4 julho, às 20h, no Estádio Aníbal Toledo.

 

Faça o seu comentário

Academia Boa Forma

COVID: Brasil registra 140 óbitos e 38 mil casos nas últimas 24h

Publicado em: 25/06/2022

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste sábado (25), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):

– O país registrou 140* óbitos nas últimas 24h, totalizando 670.369 mortes;

– Foram 38.793* novos casos de coronavírus registrados, no total 32.061.959;

*Não atualizaram: DF, MA, MG, MT, RJ, RR e TO;

*Dados de casos de ontem e hoje de SP, com 16.911 registrados.

A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 194. A a média móvel de novos casos é de 52.637.

O ministério da Saúde calcula que mais de 30,5 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

 

Faça o seu comentário

PROGRAMA PAZ REAL

Lula venceria no 1º turno se a eleição fosse hoje

Publicado em: 25/06/2022

Datafolha: Lula venceria no 1º turno se a eleição fosse hoje                                    Foto: Ricardo Stuckert

 

A nova pesquisa presidencial do Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (23), mostra novamente que Lula (foto) venceria no primeiro turno caso o pleito, marcado para 2 de outubro, fosse hoje.

Para vencer na primeira etapa, o candidato precisa ter 50% mais um dos votos válidos, excluindo os brancos e os nulos. De acordo com o novo levantamento do instituto, nesse caso o ex-presidente petista teria 53%, contra 32% do atual, Jair Bolsonaro (PL). Ciro Gomes (PDT), o terceiro colocado, aparece com 10% dos votos válidos.

Na pesquisa anterior, feita no fim de maio, Lula tinha 54% e Bolsonaro, 30%. O petista oscilou um ponto para baixo e o presidente, dois pontos para cima, ambos dentro da margem de erro —o que configura, segundo o instituto, cenário de estabilidade.

O Datafolha ouviu 2.556 pessoas em 181 cidades brasileiras no levantamento, contratado pela Folha. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

 

O antagonista

 

Faça o seu comentário

Óticas Diniz

Bolsonaro recebe apoio na Marcha para Jesus e diz que tem ‘exército de 200 milhões de pessoas’

Publicado em: 25/06/2022

                      Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press/Estadão Conteúdo

 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou neste sábado, 25, da Marcha para Jesus em Balneário Camboriú, no litoral norte de Santa Catarina, e foi saudado pelos quase 50 mil presentes. “Não podemos admitir que fiquemos calados enquanto fazem algo de mal para os outros. Sempre tenho falado das quatro linhas da Constituição. Tenho certeza que, se preciso for — e cada vez mais parece que será preciso —, nós tomaremos as decisões que devem ser tomadas”, bradou Bolsonaro, efusivamente, recebendo aplausos em resposta. “Cada vez mais eu tenho um exército que se aproxima dos 200 milhões de pessoas nos quatro cantos desse Brasil.”

“Não podemos esperar chegar 2023 ou 2024 e olhar para trás. Temos de nos perguntar: o que não fizemos para chegarmos a essa situação difícil de hoje em dia? Nós somos a maioria. A democracia são vocês. O maior pecado que podemos cometer é o da omissão. Não podemos aceitar passivamente aqueles que querem impor as suas vontades sobre nós”, seguiu o presidente. O pré-candidato à reeleição ainda disse que “o Brasil é um país cristão”, voltou a criticar “medidas tomadas lá atrás” durante a pandemia — uma referência às medidas restritivas tomadas por prefeitos e governadores — e enfatizou a “briga do bem contra o mal”. “Minha chegada à Brasília tirou da zona de conforto quem queria o mal do nosso país. Eles se uniram. Solapam a nossa democracia. Nos acusam do que verdadeiramente são. Se julgam os donos da verdade. Acham que pode tudo, até mesmo nos escravizar.”  Gritos de “mito” foram entoados a todo o momento.

Bolsonaro discursou ao lado de Michelle, sua esposa. Aliados celebraram o apoio demonstrado na Marcha para Jesus e questionaram as pesquisas que mostram o petista Luiz Inácio Lula da Silva no primeiro lugar. “O povo de Deus orando por Bolsonaro. Alguma vez você já viu a autoridade máxima num evento religioso como esse? Que as benções caiam sobre o nosso presidente”, declarou o empresário Luciano Hang, que participou da marcha. “Bolsonaro é ‘vaiado’ em Camboriú aos gritos de mito”, ironizou o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente. “DataFolha 28%? Pode confiar”, debochou. 

 

Jovem Pan

 

Faça o seu comentário

Grupo Araújo

Artigo: O Mato Grande Mais Forte

Publicado em: 25/06/2022

Num ano eleitoral, uma prosa política nunca é demais, e esse será o tema da nossa conversa da semana. Meus amigos e minhas amigas, temos afirmado sempre que com o fim da carreira política dos deputados Antônio Câmara e Amaro Marinho respectivamente, ambos benfeitores da nossa terra, a cidade de João Câmara e a região do Mato Grande ficaram acéfalos de uma representatividade política e legítima na Assembleia Legislativa do nosso estado.

Essa situação terminou nos deixando reféns de uma forma medíocre e sem nenhuma perspectiva de futuro de se fazer política, numa verdadeira inércia e no arcaico sistema do toma lá dá cá, portanto entendemos ter chegado a hora de mudarmos está triste realidade, é agora ou nunca mais. Precisamos nos unir, vamos fazer juntos o resgate histórico do fortalecimento do nosso município e de nossa região. Conclamo aos homens e mulheres de boa vontade para numa voz uníssona ecoarmos o nosso grito de liberdade, chega de migalhas, projetos eleitoreiros, sobras de outras regiões, o nosso MATO GRANDE tão próspero clama por uma voz altiva, combativa e intransigente quando em jogo estiverem os interesses do nosso povo.

Vamos apostar no projeto MATO GRANDE MAIS FORTE, seja você também um elo desta corrente, vamos caminhar de mãos dadas com alguém que absorva os anseios da nossa gente e representa o novo na política, alguém preparado intelecto e emocionalmente para discutir e agir na solução dos problemas, alguém que pela sua história e a força da sua juventude jamais nos decepcionará no parlamento estadual.

Nas eleições vindouras, uma realidade absolutamente diferente está colocada principalmente por se tratar de um jovem sonhador, obstinado, com força de vontade, e o desejo de fazer diferente. Com tantos atributos assim para nos representar, sinceramente não vejo outro nome se não o do pré-candidato a deputado estadual Maurício Filho. Ele já provou a sua competência nos cargos que ocupou, e hoje protagoniza com dinamismo e capacidade de realização o projeto MATO GRANDE MAIS FORTE. Vamos fazer tremular esta bandeira suprapartidária em torno de uma causa nobre pertencente a todos.

 

José Aldo Monteiro é professor, cerimonialista e radialista.

 

Faça o seu comentário

JF TECNOLOGIA

Em ofício a desembargador, juiz afirma que, solto, Milton Ribeiro pode interferir nas investigações

Publicado em: 25/06/2022

                         Foto: FABIO RODRIGUES-POZZEBOM/ AGÊNCIA BRASIL

 

Depois que o desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em Brasília, mandou soltar o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, preso na Operação Acesso Pago, o juiz Renato Borelli, da 15ª Vara Federal do Distrito Federal, que havia determinado a prisão preventiva, disse que tomou a decisão com base em “suspeitas substanciais”. Em ofício, o juiz defende a legalidade da prisão e diz ainda que Ribeiro pode interferir nas investigações.

“Todas as decisões foram proferidas com base em indicativos cabais que haveria má sequência de condutas suspeitas no Ministério da Educação (chamado de gabinete paralelo*) e que poderiam amoldar-se aos tipos penais acima especificados; é dizer, as decisões não foram proferidas sem o respaldo legal justificador”, diz um trecho da manifestação enviada ao gabinete do desembargador.

O magistrado contrapõe os argumentos usados por Ney Bello para dar o habeas corpus que colocou o ex-ministro em liberdade. A decisão do desembargador, que desfez a ordem do juiz Renato Borelli, teve dois fundamentos principais: o de que Milton Ribeiro não está mais no MEC (Ministério da Educação) e o de que os fatos investigados não têm “contemporaneidade”.

Em resposta, o juiz federal de primeiro grau reitera que, mesmo fora do governo, o ex-ministro “ainda pode interferir na produção de provas sobre eventual conduta criminosa pretérita”.

“O fato de o investigado não mais pertencer aos quadros da Administração Pública não o exime de responder pelos atos porventura típicos que em outra época tenha sido autor, nem tampouco se atualmente ele pode ou não continuar praticando”, argumenta.

Borelli diz também que não dá para cravar se há ou não “contemporaneidade” nos fatos investigados, o que segundo ele demandaria um aprofundamento das investigações.

“Com efeito, em um Estado democrático de Direito, a ninguém é dado permanecer inerte, muito menos às autoridades estatais, diante de situações que podem configurar lesão a qualquer bem jurídico tutelado pelo Direito Penal, mormente quando o bem lesado pertence a toda a sociedade”, escreveu.

O juiz também nega que tenha impedido as defesas de tomarem conhecimento do processo. Ele afirma, no entanto, que a ordem de prisão não poderia ter sido comunicada antes do cumprimento, “sob pena de torná-la ineficaz pelo conhecimento prévio”. “Tão logo as cautelares foram todas cumpridas, franqueou-se às defesas dos investigados acesso às informações processuais”, explica.

A manifestação foi enviada ao desembargador Ney Bello horas após ele mandar soltar o ex-ministro. A decisão também beneficiou os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, que também são investigados no inquérito sobre o gabinete paralelo no MEC.

 

R7

 

Faça o seu comentário

DRONE DO MONTORIL

Lula e Bolsonaro planejam atos para mesmo dia a pouca distância, em Salvador-BA

Publicado em: 25/06/2022

                                        Foto: Sergio Lima/Poder 360

 

Tanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ambos pré-candidatos ao Palácio do Planalto, pretendem reunir apoiadores no dia 2 de julho, próximo sábado, em Salvador (BA).

Ainda não há confirmação de horários. Ambos os eventos, porém, devem ser próximos à Arena Fonte Nova. Nessas situações é possível que militantes adversários se encontrem no trajeto até o local das manifestações.

O Poder360 apurou que o ato de Lula provavelmente será no estacionamento do estádio –esquema semelhante foi usado na Arena das Dunas, em Natal (RN), para evento do ex-presidente no meio de junho de 2022.

Petistas da Bahia ouvidos pela reportagem disseram que o ato pró-Lula será possivelmente no final da manhã.

Bolsonaro, por sua vez, deverá participar de uma motociata. A concentração está marcada para o Dique Tororó, lago que fica de frente para o estádio. A expectativa é que a concentração seja na 1ª metade da manhã.

                       Imagem: Reprodução/Google Maps – 25.jun.2022

 

A data de 2 de julho marca o que ficou conhecido como “Independência da Bahia”, evento importante no processo de independência do Brasil.

Trata-se de uma referência à madrugada de 2 de julho de 1823, quando a cidade de Salvador amanheceu quase deserta, pois o exército português havia deixado em definitivo a então província da Bahia. Foi o fim oficial da guerra de 17 meses (de fevereiro de 1822 a julho de 1823) entre tropas de Portugal e do Brasil. Essa vitória brasileira consolidou a separação política do Brasil de Portugal.

A efeméride tem muito significado para os baianos e costuma ser festejada em Salvador com desfile no centro histórico da capital do Estado.

 

Poder 360

 

Faça o seu comentário

Auto Peças Boa Viagem