Sesap identifica fatores que podem ter causado morte de 12 bebês em Natal

Publicado em: 26/10/2021

                                Foto Ilustrativa: Reprodução

 

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) já identificou sete fatores que podem ter ocasionado a morte de recém-nascidos em casos de infecção hospitalar na unidade Santa Catarina, na zona Norte de Natal. As mortes aconteceram em série, entre os dias 18 de setembro e 16 de outubro.

Conforme informado pela pasta, os 12 óbitos de bebês aconteram por diversas causas como, por exemplo, hemorragia pulmonar, endocardite bacteriana ou infecção generalizada. Todos os casos estão sendo investigados por uma equipe com profissionais dos setores de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar (DTHA), Vigilância Sanitária Estadual e Municipal, Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), Comissão Estadual de Controle de Infecção Hospitalar (CECIH), Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e Coordenação de Atenção à Saúde (CAS), montada especificamente para apurar esses casos.

Diante dos fatores já observados, a Sesap garantiu que foram realizadas ações para melhoria na unidade, como a limpeza geral da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, mudança de rotina na parte de ordenha das mães, aquisição de equipamentos e incremento no padrão de higienização dos materiais e dos profissionais.

Apesar dos óbitos terem acontecido em sequência, não foi detectada sintomatologia em comum aos recém-nascidos. A Sesap ainda aguarda a conclusão dos demais exames, que estão sendo realizados no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), para finalizar as análises completas sobre os casos.

Segundo a Sesap, o índice de mortes ainda está em conformidade com a “série histórica” registrada pela pasta.

“Ressalte-se ainda que o número de óbitos registrados recentemente estão dentro da série histórica apontada nos últimos anos na UTI neonatal do hospital”, concluiu.

 

Portal 96FM

 




Faça o seu comentário