Bento Fernandes – Cinco vereadores votam contra projeto de lei em caráter urgente para contratação de profissionais

Publicado em: 31/01/2017

er6456-00.jpg                                 Sessão extraordinária da Câmara Municipal de Bento Fernandes

 

Em sessão extraordinária ocorrida hoje (31) na câmara municipal de Bento Fernandes, plenário Lídio Barbosa de Miranda, ocorreu uma votação para aprovação de um projeto de lei – de caráter urgente – que regularizaria cargos nos setores de saúde, assistência social (entre outros) para que os serviços dos mesmos não fossem prejudicados.

Cinco vereadores, que se dizem oposição, votaram contra o projeto de lei, e consequentemente CONTRA O BEM DA POPULAÇÃO. É notório que o clima de perseguição política contra o povo de Bento Fernandes ainda está impregnado no pensamento de alguns vereadores, visto que se o município sabe que tem condições de criar tais cargos, os vereadores deveriam apoiar a administração para que os serviços de saúde, tão aprovados pelo povo, não fossem retirados da população.

O discurso dos vereadores que negaram o projeto de lei foi contraditório, já que no momento diziam que estavam na câmara para trabalhar pelo povo, mas no mesmo instante NEGARAM um projeto que regulariza os serviços primordiais para a população.

É uma vergonha ter uma representação na câmara que não apoia a população, e que prefere continuar uma perseguição mesquinha. Que essa primeira atitude contra o povo sirva de reflexão para analisarmos quem realmente nos representa na câmara municipal.

Assessoria Bento Fernandes

 

 




Faça o seu comentário