Praticantes de Off-Road deverão fazer cadastro no site do IDEMA e pagar por cada vez que desejarem trafegar pelas dunas de Búzios

Publicado em: 29/12/2020

                

                             Foto: reprodução/Instagram APO

 

Em meio à polêmica em relação ao acesso às dunas de Búzios, a Associação Potiguar de Off-Road-APO fez uma postagem em seu perfil no Instagram explicando como se dará o acesso às dunas, conforme decidido pelo governo do Estado, após reunião realizada nesta segunda-feira (28).

A APO explicou que a partir do próximo dia 30 de dezembro, os praticantes da modalidade deverão realizar um cadastro no site do IDEMA, gerar um ticket com numeração e QRcode além de um boleto, que segundo a associação será, em média, de R$ 20 para veículos 4×4 e de R$ 10 para carros 4×2, bugres, Utility Task Vehicle-UTV e quadriciclos.

Os condutores dos veículos deverão portar o comprovante de pagamento ao trafegar pelas dunas para ser exibido em caso de fiscalização. O horário para tráfego também será limitado, entre 5h e 20h. Estes procedimentos deverão ser adotadas cada vez que o praticante da modalidade desejar andar pelas dunas ou trilhas na região de Búzios.

Outra exigência será baixar um arquivo que estará disponível no site do IDEMA para utilizar em aplicativos de mapas como Waze ou Google Maps. Lá constarão os locais permitidos para tráfego nas dunas.

Segundo informou a APO, a fiscalização deve iniciar no 4 de janeiro, na “Operação Verão”. A associação também alerta que não será permitido em hipótese alguma o tráfego na orla marítima, nem mesmo para estacionar onde há restaurantes à beira mar, lagoas costeiras, rios e riachos.

A associação explica que será publicada uma portaria pelo Detran com estas e outras informações.

 




Faça o seu comentário