João Câmara: Morre Dona Neném, mãe do vereador Armstrong Bezerra

Publicado em: 23/01/2020

Faleceu na manhã desta quinta-feira(23), em Natal, Dona Neném mãe do Vereador Amistrong Bezerra, a mesma tinha 76 anos de idade.

 

Prefeito Manoel Bernardo emite Nota de Pesar

É com imenso pesar, que o nosso governo registra, o falecimento da senhora Maria do Carmo da Silva, (dona Nenê), genitora do vereador Amistrong Bezerra, ocorrido na manhã desta quinta-feira, dia 23 de Janeiro. Que os anjos celestiais a recebam no reino de Deus. Dona Nenê, foi em vida um exemplo de trabalho e de muita retidão, uma grande esposa sempre fiel, aos princípios morais e éticos e uma mãe muito amável e dedicada aos filhos e netos, demonstrou sempre uma capacidade imensurável de fazer boas amizades. Para a família enlutada, deixamos nossa solidariedade e nosso abraço de conforto.

Manoel dos Santos Bernardo

prefeito

Vereadores expressão sentimento de solidariedade ao colega Amistrong

Vereador Fernando Guilherme:

Meus sentimentos a família do meu amigo e colega vereador Amistrong Bezerra, pelo falecimento de sua genitora, dona Neném. Um momento duríssimo, talvez um dos piores momentos na vida de um ser humano, a perda de sua mãe. Que Deus possa recebê-la no reino dos céus, que o nosso todo poderoso venha confortar os corações dilacerados diante desta dor imensurável.

Ex-prefeito Maurício Caetano:

Nosso profundo pesar pelo falecimento de Dona Denen, mãe do vereador Amistrong Bezerra.

Vereador Flávio Sami:

A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. Nunca poderemos entender o porquê de um ente amado ter que partir. A dor que sentimos é imensurável. Nestas horas não há nenhuma palavra que possa ser dita que seja capaz de confortar os nossos corações. Tudo parece perder o sentido e ficar pequeno diante de tamanho sofrimento.

A única coisa que nós, amigos e colegas do vereador Amistrong Bezerra, podemos fazer é nos colocarmos à disposição para ouvir no momento em que quiserem falar, e oferecer os nossos ombros e corações amigo para apoiar à todos os seus familiares.

Não há nada capaz de reparar uma perda como esta, mas em nome da amizade e amor de quem fica, e em honra da memória de quem se foi, é preciso continuar vivendo. É preciso transformar o luto em uma luta pela vida e pela felicidade, e transformar a dor em saudade e serenidade. Os meus mais sinceros pêsames aos familiares de Dona Neném. Vá em paz, vá com Deus!

 




Faça o seu comentário